Em que o Brasil melhorou sem Dilma?

Estatuto do PT

Art. 1º. O Partido dos Trabalhadores (PT) é uma associação voluntária de cidadãos e cidadãs que se propõem a lutar por democracia, pluralidade, solidariedade, transformações políticas, sociais, institucionais, econômicas, jurídicas e culturais, destinadas a eliminar a exploração, a dominação, a opressão, a desigualdade, a injustiça e a miséria, com o objetivo de construir o socialismo democrático.

Antes, é importante ressaltar que boa parte dos que defendiam o projeto PT não o conhece e apenas o apoiava por paixão e guiados pela propaganda,  que para o público geral (externo) tinha uma mensagem e para o interno, tinha outra.  Como se constata isso? Sempre que perguntado sobre o que acha das diretrizes, dos ideais, das propostas em geral do partido, o petista do senso comum não consegue expressar de forma simples e objetiva o que o partido propõe para a sociedade.

O que você, Dilmista, acharia de propostas como a de, estatização da Rede Globo (não faço aqui juízo de valores)  reestatização de empresas e de infraestruturas, anulação da Ação penal (470), controle dos meios de comunicação e mídias sociais? Soa bem para você Dilmista a expressão hegemonia política? Para mim e para boa parte das pessoas não! Sem falar na proposta de calote na dívida interna e externa não levando em consideração que parte dos credores é o próprio povo brasileiro, seja através de fundos de pensão ou compra de títulos.

Eu não sei até que ponto você concorda ou discorda das propostas acima, o fato é que, se você as consideram ruins, provavelmente pela cegueira da paixão suporia como autores, Hitler ou Mussolini, mas não, eram propostas do PT, inclusive por não haver consenso dentro do próprio partido quanto a: “qualidade” dessas ideias, a base ideológica desmoronou.

De um lado uns pressionando o governo para que se acelerasse a promessa do projeto socialista, e do outro lado os que eram pelo socialismo mais gradual. Leia aqui toda a discussão acerca dessas questões.

Quanto e exigir uma resposta em um tom de desafio perguntando- O que melhorou?- é assumir que não estava bom, ou assumir que no minimo está tudo igual.

O projeto PT esteve em atividade desde 2003 e muitas das medidas tomadas  em específico, as piores, não deixam de fazer efeito simplesmente com a troca de presidente, afinal, os maus investimentos feitos com prazos de décadas são cancelados com a troca de presidente? Não!

A politica  inflacionista baseada na teoria Keynesiana que incentiva os campeões nacionais Ex: Grupo X, Magazine Luiza, Itaú, JBS, Odebrecht e OI com o uso dos bancos estatais: BNDeS, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, somente transferiu renda do pobre para o rico gerando inflação e dívida, em nome dos que ainda nem nasceram, portanto, não seria uma simples mudança de presidente, capaz de mudar essa realidade já estabelecida.

É de suma importância que você tome posse do conteúdo de ao menos uma teoria que seja contraria a teoria Keynesiana para que consiga julgar o que é sensato ou não, sugiro o estudo da teoria austríaca dos ciclos econômicos   .

Quanto as escolhas que o PT e Dilma fizeram de se associar a alguns personagens sobretudo perdoando dívidas de lugares que não existe respeito às liberdades: religiosa, econômica e política não sugere boa conduta. Ao menos que se exigisse alguma contrapartida, mas isso não seria feito, porque o alinhamento ideológico com aqueles que não respeitam as liberdades, é admitido abertamente, por isso, jamais considerei desonesta a proposta do PT, porque sempre foi clara “Somos revolucionários socialistas”.

O que queremos, igualdade ou riqueza? A proposta do PT foi de igualdade, algo anti-humano e só funciona bem em propagandas. O que quero dizer? O diagnostico que o PT e toda a esquerda faz, afirmando que o problema é a desigualdade, dá um norte errado as pessoas que no seu íntimo querem saber como sair da pobreza independente de serem iguais. E qual a “receita” dos povos ricos? Livre mercado! Tendo com base o índice do Index of economic freedom  estamos mais para Venezuela que para Portugal. Veja o índice.

Melhorou? Não sei! Qual o tempo para surtir efeito os erros de políticos? 5, 10, 15 anos? só sei que uma trajetória, em parte, foi interrompida. Por esse motivo fui anti-PT e por isso não é coerente exigir respostas em tão curto tempo.

Leia o caderno de teses do PT

Leia o estatuto do PT

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.