Nunca confie demais em médicos

Erro médico

A medicina é uma arte, é um dom divino, é um dos mais nobres ofícios a qual o homem pode se dedicar. No entanto, salvar vidas dá um poder imenso ao médico e isso — em se tratando do ser humano — é algo muito perigoso.

Diversos médicos, em função da importância de suas profissões, acabam por possuir um ego extremamente inflado e isso, em determinadas situações pode comprometer o diagnóstico de um paciente e levá-lo a óbito, como insistir num erro para não admitir que falhou.

Nosso corpo dá sinais claros quando algo não está bem, cada pessoa deveria conhecer seu corpo mais do que ninguém, buscar conhecimento razoável para tal, cuidar da saúde, questionar seu médico e ir atrás de informação. Assim como fazemos com nossos automóveis, computadores ou demais equipamentos, em se tratando de manutenção.

Na televisão é repetido como um mantra para não tomar medicação por conta própria. Isso é uma bobagem. Se você souber o que está fazendo, conhece a causa e efeito do seu ato, faça-o. É melhor do que gastar dinheiro ou ficar horas esperando numa fila para o médico lhe dizer para tomar dipirona.

É muito comum ouvir de pacientes que quando tentaram obter mais informações de um médico ou sugerir algo sobre o seu próprio problema, ouvirem dos mesmos: “O médico aqui sou eu. Sou formado nisso e naquilo…”, é aquela cultura brasileira de idolatrar diploma. Não caia nessa. Os médicos erram e erram muito.

Há um estudo que diz que erros médicos matam duas pessoas a cada três minutos no Brasil. Há um sem número de casos assim na justiça buscando indenização por mortes causadas por falhas médicas.

Segundo uma reportagem da Folha, só em 2016 são 351 casos na justiça e em 2015, 474. Outro estudo publicado no UOL diz que a maior causa de mortes no Brasil são erros médicos totalmente evitáveis.

É óbvio que há excelentes médicos no mercado, que não se consideram semideuses e que fazem uma diferença enorme na vida do paciente. Mas em se tratando de saúde, é sempre bom desconfiar e buscar uma segunda opção caso haja alguma desconfiança. É a sua vida que está em jogo.

Eduardo Ribeiro
Liberdade, liberdade, abre asas sobre nós. :-D

1 Comentário

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.