O estrago vai muito além da carne!

Além da carne estragada tem também o estrago econômico provocado por essa política chamada de nacional desenvolvimentismo onde empresas já ricas como por exemplo o grupo JBS, recebem uma espécie de bolsa na forma de empréstimos subsidiados

A justificativa para se conceder tais “incentivos” é a justificativa base do nacional desenvolvimentismo: “Por se tratar de um setor que consideramos estratégico, fomentaremos seu fortalecimento!”.

Mas afinal, que mal existiu em o governo federal financiar o grupo JBS?
O grupo JBS pegou empréstimos gigantescos a uma taxa de juros de 2,5% em um cenário onde a desvalorização do real era por volta de 6% devido a inflação ou seja: No ato da aquisição dos empréstimos já estava explícito que o montante a ser devolvido seria menor que o montante adquirido.

A coisa fica ainda pior quando entendemos o percurso do dinheiro, vejamos: A empresa se dirige ao BNDES que por sua vez é abastecido, em parte, pelo tesouro nacional, este último por sua vez, não opera através de uma prévia poupança. Grande parte dos recursos do tesouro nacional é adquirido através da venda de títulos, que nada mais são que, empréstimos que empresas e pessoas fazem ao governo, e isso foi intensificado nos últimos anos. É fato publico e notório a intensificação de propagandas do tesouro direto, com o objetivo de levantar fundos para tal politica econômica, e isso você pode facilmente constatar sem muito esforço.

O tesouro direto

O tesouro direto oferece aproximadamente 14% a quem lhe empresta, então, como pode ser viável esse mesmo tesouro através do BNDES emprestar a 2,5%?

Como que no tempo combinado o tesouro conseguirá devolver a quantia combinada, já que emprestou com taxas menores que as taxas que tomou seus empréstimos?
Para quem tem o poder de imprimir dinheiro isso não é um problema, isso mesmo, a diferença é compensada com impressão de moeda! uma das piores atitudes que um governo pode tomar, já que isso, necessariamente, impõe os custos da operação à população. Sim!   É assim que o governo cria a inflação: Imprimindo moeda para pagar as dívidas criadas por ele.

Algumas pessoas não fazem uma correlação entre o escândalo da carne e as reformas da previdência e a trabalhista e sugerem que: tudo isso é fumaça, para que o tema das reformas caiam no esquecimento, mas não, tudo está totalmente interligado. E digo mais: o desenvolvimentismo é um tema não muito abordado porém, como politica econômica, deveria ser extirpado antes mesmo de se fazer qualquer outra reforma.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.