Proposta escrota prevê uso de até 10 mil em espécie

Um projeto de lei (75/19) bastante inusitado do deputado Rodrigo Agostinho (PSB-SP) deseja proibir o uso de dinheiro em espécie limitando esse valor em até no máximo R$ 10.000,00.

Caso você seja pego com uma quantia maior o Estado roubará os seus rendimentos que será, segundo o projeto, destinado ao Coaf.

A proposta está em análise na câmara dos deputados e tem como intenção diminuir a corrupção no país.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.